quinta-feira, 26 de março de 2015

Paloma floriu

Sabe que nessa busca de qualidade de vida, tenho algumas atividades que faço para que tenha momentos de reflexão, aquele momento que se conecta com coisas de silêncio, coisas de pensar, coisas de esperar.
Uma dessas coisas foram as orquídeas, chamo as de coisas de esperar, pois são plantas que ficam penduradas nas árvores e que quase diariamente visito, rego, olho com o contemplar do esperar, com paciência.
Ai de repente você recebe a recompensa pelo carinho dado. Hoje recebi o presente de ver florir a minha orquídea negra, dei o nome de Paloma, o nome de uma cãopanheira que tive, uma cachorrinha preta,  uma amiga que tenho até hoje nas lembranças de um passado rico de imagens e sorrisos.
Está ela lá no quintal, como a surpresa de um abraço inesperado, de um sorriso de criança ao receber um presente, o meu peito se revigora com essas pequenas coisas, ela ainda não se abriu totalmente, mas está lá, bela, pequenina e delicada.
Ela é apenas a segunda orquídea que floresceu aos meus cuidados, tenho muitas lágrimas para verter com essas pequenas artes naturais.
Enquanto vou retomando os caminhos vejo que tenho feito escolhas acertadas. Espero seguir assim.

13 comentários:

  1. Esse post e essa foto é poesia pura! Creio que não há amor mais sincero do que aquele que temos pelos nossos animais. É uma bela homenagem.

    Atílio, você está concorrendo ao ebook "Emagrecer com Sabedoria". Depois dá uma olhada: http://dietas-detox.blogspot.com.br/2015/03/concurso-emagrecer-com-sabedoria.html

    Até mais ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz por ter sido selecionado. Se eu ganhar eu prometo......
      Brincadeirinha, valeu mesmo pela seleção. Pequeno atos, grandes significados.

      Excluir
  2. A natureza é mesmo maravilhosa!!!
    Linda, linda sua Paloma! Adoro orquídeas!
    Bjs! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Nara!!!!! Aprendi essa paixão com um tio que tem em seu pequeno quintal uma gigantesca presença da mata atlântica e de orquídeas.

      Excluir
  3. Eu amo orquídeas! Acho-as lindas e simples ao mesmo tempo. E é realmente muito bom poder admirar esses "pequenos" e singelos momentos da vida, Atílio. Parabéns pelo carinho e cuidado que está dispensando à esses presentes da natureza.
    :)

    http://www.muitoamorporlivros.com.br/
    http://www.saigula.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Atílio!
    Que bom saber que você persiste no foco.
    Que linda a sua Paloma. Linda homenagem à sua cadelinha.
    Realmente as orquídeas são lindas e fascinantes.
    Não haveria melhor momento para reflexão.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Giza, gosto muito pode ser considerado meu momento de meditação.

      Excluir
  5. Sou completamente apaixonada por orquídeas. Ganhei uma faz um no e ela não floriu. Estou sempre na expectativa!!

    bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uma fase de adaptação, cada uma tem o seu tempo. Mas Aline o que mais gosto nelas é essa espera e a surpresa de ver a flor que você cuidou para ver florir.

      Excluir
  6. Fiquei encantada com seu post...linda, linda, linda...parabéns! bjocas!

    ResponderExcluir
  7. Que maravilha Atílio. Sabe que eu queria ter esse dom da jardinagem. Eu tenho aqui só uma mini-roseira, já que eu não tenho quintal, mas que eu cuido com muito carinho também. Meu marido as vezes acha que eu sou louca me vendo conversar com a planta... hehehe Linda a sua Paloma!

    Boa semana pra ti!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conversar com seres que não nos responde com palavras é o mesmo que uma oração. É conexão interior. Eu não falo com as plantas, mais troco olhares.

      Excluir